segunda-feira, 6 de julho de 2009

domingo, 5 de julho de 2009

Jeffrey Jacoby - 2004



Os argentinos De La Guarda são um grupo pouco convencional, fundado em 1992 por elementos da extinta De La Organización Negra. Segundo Jeffrey Jacoby em sua dissertação de mestrado para a Faculty of the Graduate School of the University of Maryland, College Park em 2004.

“As part of this experimental movement, Baldinu, Diqui and Tomas James, Kerpel, and D’Aquila created La Organización Negra (The Black Organization). Performing in the streets of Buenos Aires, the group responded to the pervading sense of alienation with site-specific performances designed to surprise incidental audiences: “We worked on the streets because it was the only way to surprise a public without generating theatrical or performative expectations, obviously with no warning whatsoever”

sábado, 4 de julho de 2009

De La Guarda - Villa Villa - NYC


video

Os criadores e performers


Pichon Baldinu que além de performer é também diretor de Fuerza Bruta, em entrevista a uma televisão alemã (http://www.youtube.com/watch?v=_-OrcQVl_Zc) declara que seu maior interesse é de que o público sinta a obra a partir de suas sensações e emoções e não através da razão e da compreensão lógica. Sua intenção é criar uma atmosfera de celebração onde a platéia é convidada a fazer parte do espetáculo e interagir com o elenco e a festa que se forma.

Nesta mesma entrevista Carson Coulon que é performer do espetáculo declara que fazer parte deste trabalho lhe deu a oportunidade de viver a experiência de utilizar todo seu corpo e integrar emoção ao movimento.

Diqui James em entrevista ao uvu.channnel2.org afirma que Fuerza Bruta é um trabalho que não se pretende ser compreendido. Seu interesse é transpor os limites de um palco tradicional e uma platéia sentada. Ele pretende utilizar o espaço pelo ar, pelas paredes e transformar a apresentação numa grande festa. James acredita que seu trabalho é resultado de uma interação de linguagens perfeitamente harmonizados como a musica, a luz, os aspectos técnicos e os intérpretes. Segundo Diqui James este é um trabalho que não exige muitas palavras para explicação, é preciso experimenta-lo presencialmente.
(http://channel2.typepad.com/uvu/2009/06/fuerza-bruta-interview-with-diqui-james.html)

Diqui James - Fuerzabruta em New York


Diqui James fala sobre Fuerzabruta
Uma entrevista no site da The Best of off-Broadway

Fuerza Bruta

video